About

Musician, Teacher, Improviser

With a musical language full of personality, Luísa Vieira expresses herself through her voice, flutes and mbira, revealing confluences between classical, jazz and world music.

Facilitates Vocal Improvisation Workshops. Since 2012, teaches Jazz flute, singing, combo and choir in the Professional Jazz Instrumentalist Course at the Coimbra Music Conservatory.

Major projects include the Octet Jazz “ABRI’LUX” (Portugal/Luxembourg), the Miguel Calhaz quartet “CONTЯA – CONtemporânea TRAdição” and the poetic-musical duo “20 DIZER” with José Rui Martins, with the release of the EP “Recados “(2019, ACERT).

Master in Music Teaching, Jazz Variant, at the Superior School of Music and the Performing Arts of Porto (2019), having as object of study vocal improvisation and interdisciplinary performance.

Berklee College of Music Scholarship (2008/2009) in Boston, where she studied performance, composition and improvisation with Hal Crook, Tomassi, Mitch Haupers and Rhiannon, among others.

__________________________

Música, Professora, Improvisadora

Com uma linguagem musical cheia de personalidade, Luísa Vieira expressa-se através da voz, flautas e mbira, revelando confluências entre o clássico, o jazz e a música do mundo. Ao longo dos anos teve a oportunidade de partilhar o palco com excelentes músicos e artistas nacionais e internacionais em festivais de jazz, teatro, literatura e música do mundo, mais recentemente com projetos como o Octeto Jazz “ABRI’LUX” (Portugal/Luxemburgo), o quarteto de Miguel Calhaz “CONTЯA – CONtemporânea TRAdição” e o duo Poético-Musical “20 DIZER” com José Rui Martins, com lançamento do EP “Recados” (2019, ACERT).

Participa no CD-Livro do Espetáculo “A Viagem do Elefante” (2014) com o cantautor Luis Pastor e “A Cor da Língua” (ACERT) e nos álbuns “Tocar o Chão” (2017) e “Ponto de Vista” (2019) de Carlos Peninha, como cantora e flautista. Podemos ouvi-la também em algumas faixas do álbum “Porto” de Sofia Ribeiro e Gui Duvignau e do álbum “Lunga” (2019) de Sofia Ribeiro, sem esquecer os seus solos de flauta no álbum “The Heroes – Tribute to a Tribe…” (2013) de Simba & Milton Gulli e no single “Jogador” (2019) de Milton Gulli.

Concluiu (2019) o Mestrado em Ensino da Música, Variante Jazz, na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Porto, tendo como objeto de estudo a improvisação vocal e performance interdisciplinar, inspirada nos métodos de Bobby Mcferrin e Rhiannon, com quem estudou no Hawaii, Amesterdão e Nova Iorque.

Bolseira da Berklee College of Music em Boston (2008/2009), estudou performance, composição e improvisação com Hal Crook, Tomassi, Fernando Brandão, Bob Stoloff, Rhiannon, Bruno Raberg, Christiane Karam, Jamey Haddad e Mitch Haupers, entre outros. Ao longo do seu percurso, participou também em workshops de outros cantores e improvisadores de referência como Theo Bleckmann, Jen Shyu, Dominique Eade, Fay Claassen, David Eskenazy, Joey Blake e David Worm, entre outros. Completou dois níveis do curso de voz “Estill Voice Training System” (EVTS).

Facilitou vários workshops de improvisação (voz e flauta) em Portugal, Luxemburgo e Moçambique. Desde 2012, é professora de flauta, canto, combo e coro de jazz do curso profissional de instrumentista de jazz no Conservatório de Música de Coimbra. Colabora regularmente em projetos da ACERT.